Batalha Campal: Guarani x Corinthians - Brasileiro de 1994

O dia era 12 de outubro, Brinco de Ouro, Campinas. Em campo, Guarani e Corinthians jogariam pelo primeiro turno da segunda fase do Campeonato Brasileiro. O Corinthians sai na frente, mas toma a virada. 


Nas arquibancadas, os corintianos encontram-se espremidos em um trecho de arquibancada atrás de um dos gols. Como muitos alvinegros ainda não haviam entrado no estádio, a PM resolve acomodá-los em um pequeno espaço na arquibancada superior do estádio. O problema é que ela já estava tomada, em sua maior parte, por bugrinos.

Claro que não ia dar certo...



Alemanha x União Soviética 1991: A única vez que a URSS enfrentou a Alemanha reunificada.


Dia 27 de março de 1991, no Waldstadion em Frankfurt am Main, Alemanha.

Aliada dos rivais soviéticos na Guerra Fria, a Alemanha Ocidental já havia realizado onze jogos contra a URSS, mas essa seria a primeira e única vez que o "Exército Vermelho", alcunha da seleção soviética, iria enfrentar a Alemanha unificada.

Todos os gols ocorreram no segundo tempo da partida. Aos 20 minutos (65') Stefan Reuter abriu o placar para os alemães, Aos 36 (81') Lothar Matthäus ampliou para os donos da casa, finalmente, dois minutos depois (83'), Igor Dobrovolskiy de pênalti descontou e o jogo terminou 2 a 1 para a então seleção campeã do mundo.

As semifinais dos Jogos Olímpicos de 1980 em Moscou


O futebol nos jogos de 1980 contaram com quatro seleções socialistas na semifinal do torneio. Mas numa análise fria, conseguimos entender os motivos. Esses jogos contaram com o boicote liderado pelos Estados Unidos em protesto à invasão do Afeganistão pela União Soviética. Com isso, grandes seleções europeias ficaram de fora.

Além disso, quando olhamos os classificados sul americanos percebemos o porquê do fraco desempenho do continente. A Argentina, campeã do pré-olímpico, aderiu ao boicote dos Estados Unidos e o terceiro colocado Peru, também o fez, sobrando a segunda vaga para a Venezuela, que se juntou aos vices do pré-olímpico, Colômbia.

As quartas de final foram as mais previsíveis da história olímpica, com União Soviética e Kuwait, Tchecoslováquia e Cuba, Alemanha Oriental e Iraque e Iugoslávia e Argélia.

No dia 29 de julho adentraram nos gramados dos estádios Luzhniki e Dynamo, ambos em Moscou, respectivamente, Alemanha Oriental e União Soviética e Iugoslávia e Tchecoslováquia. Vitórias alemã por 1 a 0 e tchecoslovaca por 2 a 0.

Na disputa pelo bronze, no dia 1 de agosto no estádio Dynamo, a seleção da casa venceu a Iugoslávia por 2 a 0.




No dia seguinte, no estádio Luzhniki, a Tchecoslováquia bateu a Alemanha Oriental por 1 a 0.


Tchecoslováquia ouro, Alemanha Oriental prata e União Soviética bronze.

Portugal x Moçambique 1998

Portugal, pelo menos no que remete ao futebol, não tem relações muito longínquas com suas ex colônias, a exceção do Brasil, com quem, até o momento, já jogou 20 vezes. 


Para se ter uma ideia, Portugal enfrentou Angola pela primeira vez apenas em 1989, Cabo Verde em 2006 e Moçambique em 1998. Provavelmente, isso se deve ao fato de que, apenas em 1975, estes três países se tornaram independentes de Portugal.

Assim, é com muita curiosidade que Portugal recebeu Moçambique na cidade de Ponte Delgada nos Açores, no dia 19 de agosto. 

Ao final, 2 a 1 para Portugal.


Batalha Campal: Vasco x Paraná - Campeonato Brasileiro de 1999

O que pode dar um jogo em São Januário + Eurico Miranda + árbitro expulsando três jogadores do Vasco?

Isso mesmo, confusão.


 Vencendo por 1 a 0, o Vasco teve teve dois jogadores expulsos, pra piorar, com dois a mais o Paraná empatou. Logo depois, o terceiro jogador do Vasco expulso. Aos 42 do segundo tempo, Eurico Miranda invade o campo e o jogo é encerrado.  


O bizarro Argentina x Colômbia na Copa América 1999: A agonia de Palermo

Para entender a dimensão desse fato insólito, é necessário expô-lo em sua ordem cronológica dos eventos.

Era a segunda rodada da fase de grupos e ambas as seleções haviam vencido seu primeiro jogo, de modo que, a vencedora deste jogo já garantiria a classificação.


O jogo começa e pênalti para a Argentina. Martín Palermo, o matador atacante do Boca Juniors partiu para a cobrança. Bola no travessão. 

Até ai tudo bem, dentro das possibilidades, claro... Mas, algum tempo depois, gol da Colômbia, de pênalti! Bom, o pênalti perdido de Palermo já não parece tão bom neste ponto. Ao invés de abrir o marcador, a Argentina começou o jogo perdendo e teria que correr atrás.

Assim terminou o primeiro tempo. 

Início do segundo e mais um pênalti, para... a Colômbia. Mas desta vez, o goleiro argentino defendeu. A Argentina ainda estava no jogo.

Mais um pouco e... pênalti, para a Argentina! A sorte parecia estar mudando. De um 1 a 0 favorável, a Albiceleste passou para o 1 a 0 desfavorável. Esse 1 a 0 poderia virar um 2 a 0, mas não virou e agora poderia se tornar um 1 a 1. Parecia que a sorte estava mudando.

Mas partiu Palermo e... a la Baggio, para fora.

Pouco tempo depois, 2 a 0 para a Colômbia. Agora o possível 1 a 1, virou realmente um 2 a 0. Tempos depois, em um gol insólito de fora da área que desviou nas costas de um argentino e encobriu o goleiro argentino, los Cafeteros fizeram 3 a 0.

Que lástima! De 1 a 0 favorável, para 1 a 0 desfavorável que poderia virar um 2 a 0, mas continuou sendo um 1 a 0 com possibilidade de virar 1 a 1, algo que não se concretizou e, pior, se tornou um 3 a 0!!! 

Para completar, a Argentina teve mais um pênalti e poderia diminuir o vexame. Palermo pegou a bola e partiu com confiança para a marca do pênalti, mas... o goleiro colombiano defendeu.

Foram cinco pênaltis marcados no jogo e apenas um convertido.

Três pênaltis perdidos por Martín Palermo, o único jogador da história a perder três pênaltis em uma partida oficial. Com o resultado tenebroso, a Argentina precisava vencer o Uruguai na terceira rodada. Venceu, mas como não ficou em primeiro, pegou o Brasil nas quartas e foi eliminada.



Alemanha Ocidental x Uruguai 1990


O que dizer de uma partida entre Alemanha Ocidental e Uruguai? Mais, em 1990... Cujo placar terminou em 3 a 3.

Amistoso preparatório para a Copa de 90. Dia 25 de abril em Sttutgart. Sem palavras, apenas deliciem!


Alemanha Oriental x Estados Unidos 1990 - O único jogo entre as Águias e os Azuis do Leste

Pode parecer mentira, mas não é. No dia 01 de abril de 1990, em Berlim, Já sem o muro, a então seleção da Alemanha Oriental faria um de seus últimos jogos (Clique aqui para ver Bélgica x Alemanha Oriental, o último jogo dos Azuis do Leste). 


Foram pouquíssimas vezes que os Estados Unidos enfrentaram seleções do bloco socialista sem ser por competições oficiais. Contra a União Soviética, por exemplo, ocorreram apenas três jogos (Clique aqui para ver: Guerra Fria de chuteiras, os confrontos entre EUA e URSS), todos quando a abertura política dos Vermelhos já estava encaminhada.

Pelo mesmo motivo, não há registro de jogos entre EUA e RDA, senão após a já sangria do bloco socialista.

Ao final, os alemães orientais venceram por 3 a 2.




Jogo completo


Iugoslávia x Holanda 1990 - A controvérsia de Zagreb

Seria somente mais um amistoso preparatório para a Copa de 1990, mas pesquisando sobre o amistoso entre Croácia e Estados Unidos, alvo da postagem anterior e que muitos historiadores consideram como o primeiro jogo da moderna seleção croata, vi sobre o amistoso que falarei agora.


O jogo ocorreu no dia 03 de junho e foi o último amistoso preparatório da Iugoslávia para a Copa. O jogo ocorreu em Zagreb, capital da Croácia. Nas arquibancadas, 20 mil nacionalistas croatas que foram responsáveis pelo que ficou conhecido como "A Controvérsia de Zagreb".
Vaias ao hino iugoslavo, hostilidades aos jogadores iugoslavos e... muita comemoração nos dois gols da Holanda, indicando que a dissolução da Iugoslávia era mesmo questão de tempo. 

Resultado final: 2 a 0 para os Laranjas.


Croácia x Estados Unidos 1990 - Primeira partida da seleção croata

A Croácia se tornou independente da Iugoslávia em 1991. Em 03 de julho de 1992, foi admitida na FIFA e passou a realizar partidas oficiais enquanto seleção.



A bem da verdade, a Croácia já possuía uma seleção, mas a exemplo da Catalunha, realizava partidas esporádicas sem a chancela da FIFA.

Todavia, desde 1990, com a situação interna na Iugoslávia borbulhando, a moderna seleção croata que hoje conhecemos, já havia se formado e, mesmo sem poder realizar jogos oficiais, já representava os croatas rotineiramente em amistosos.

O primeiro da história ocorreu no dia 17 de outubro de 1990. Os Estados Unidos estavam na Europa, onde fariam um amistoso contra a Polônia e foram convidados para realizar a primeira partida da seleção croata.

Ao final, vitória croata por 2 a 1. 





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...Poderá também gostar de: